Liberdade de expressão no Brasil, como mudar o pensamento

No mundo que vivemos está cada vez mais difícil agir de forma correta ou seja, ter moral, hoje tudo é contra as regras, tudo ofende, tudo denigre, nada mais é levado em tom de brincadeira, onde está a liberdade de expressão? Isso vai da sua visão, pois será que preconceito é só xingar, ou preconceito também é excluir?

Será que fazer piadas com deficientes ou com negros ou qualquer outro tipo de minoria é ser sem moral, pois no mundo que vivemos está muito difícil saber o que é  certo e o errado, pois o comum de ontem é o erradíssimo de hoje, o que antes era diversão, hoje gera traumas.

As pessoas estão ficando mais “frescas”, sentindo-se mais tristes por qualquer coisa, pois no tempo dos nossos pais ou até a geração de 2000 o bullying não tinha tomado essa proporção que tomos hoje, pois hoje ninguém pode mais expressar a sua opinião se não, correrá o risco de estar sendo politicamente incorreto.

Mas afinal, o que é liberdade de expressão?

Liberdade de expressão, um direito seu previsto no. Art. 5° CONSTITUIÇÃO FEDERAL.

É livre a expressão da atividade intelectual. Artística, científica e de comunicação. Independentemente de censura.

Nada mais é do que poder falar de todos sem se preocupar com processos, hoje tudo é resolvido com processo, comediantes quase sempre são atacados por processos quando brincam com uma pessoa, ou por Haters quando brincam com uma parte da população, como por exemplo quando zoam deficientes toda a comunidade do politicamente correto desse para xingar, sem ver que se ele não fizer, ai sim ele vai está sendo preconceituoso por excluir, apenas deve se saber o limite e tentar estender esse limite que a cada ano diminui, que por consequência diminui a liberdade de expressão, que sempre foi um sonho para os que brigavam pelo fim da ditadura que foi um dos sistemas que mais oprimiram a população brasileira.

Mas uma forma mais renovada desse sistema está voltando com o nome de politicamente correto, vamos deixar de se “abalar por pouca coisa”, vamos levar a piada como uma piada, e não como um xingamento, rir de si mesmo é uma das artes mais admiráveis. Quando todos aprendermos  a levar as coisas como brincadeira, a nossa liberdade de expressão talvez volte com toda força  e assim possamos desfrutar da graça de uma forma muito mais saudável.

leia também:

Diante de tanto preconceito, qual a fronteira para o humor?

Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.

Evelyn Beatrice Hall

 

Gostou dessa matéria?
Então curta nossa página no facebook,
e acompanhe novas noticias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 3 =

Advertisment ad adsense adlogger